Conquistar e manter a atenção dos alunos sempre foi um desafio para os professores, que devem ocupar um papel importantíssimo como mediador do processo de ensino-aprendizagem.

Cada vez mais, os professores assumem a função de facilitadores, impulsionando os estudantes a se tornarem protagonistas, atuando diretamente em seu próprio processo de aprendizagem e desenvolvendo novas habilidades.

À medida que a tecnologia avança nas salas de aula, aumentam as perspectivas quanto às novas abordagens e ao uso de novos recursos educacionais tecnológicos no ambiente escolar. Com isso, cresce a busca em desenvolver novos métodos de ensino, que incluam conhecimentos dessas ferramentas já muito presentes no dia a dia dessa nova geração de estudantes.

Sabendo dessas mudanças constantes, do novo jeito de aplicar o processo educacional em sala de aula, a SIM Inova® criou o Portal Educação Modelo, por entender que a qualificação de professores inclui a atualização de conhecimentos técnicos e de metodologias de ensino, mas também o desenvolvimento pessoal e a inteligência emocional, além de habilidades de comunicação, gestão de pessoas e resolução de conflitos.

Por conta disso desenvolveu o Educação Modelo, um portal que traz em ambiente digital, cursos, workshops e palestras personalizadas, além de possibilitar um processo de melhoria contínua e padronização de rotinas, desempenho de fluxo de trabalho, dos processos administrativo-pedagógicos e de recursos humanos. Com foco no aperfeiçoamento dos profissionais das redes municipais e estaduais de ensino, o portal é personalizado de acordo com as necessidades e normas vigentes na localidade em que se implanta o programa.

Oferecer aos professores uma educação continuada parte do princípio de que a atualização do currículo é uma das melhores formas de manter os educadores atentos às nuances e à novas metodologias e tecnologias educacionais. Dessa forma, serão cada vez mais capazes de trabalhar com qualidade, simplificando os próprios processos de ensino e tornando-os mais eficientes.

Qualificar os professores é um dos grandes objetivos – e desafios – da educação brasileira. Até 2024, 50% dos professores do ensino básico no Brasil devem se formar em nível de pós-graduação e todos precisam receber formação continuada em sua área de atuação: metas do Plano Nacional de Educação (PNE), vigente desde 2014.

Dados do Censo Escolar 2020, que concentra declarações de todos os estabelecimentos públicos e privados de educação básica no país, mostram que, entre os docentes de ensino médio, 97,1% têm nível superior completo: 89,6% em licenciatura e 7,4%, bacharelado. Entretanto, há um considerável número de professores sem formação na disciplina que ensinam, sendo 35% no ensino médio e 43% nos anos finais do ensino fundamental.

Capacitação continuada

Dispostos a ir além do básico, professores capacitados dedicam tempo e esforço para preparar aulas interessantes, participar de atividades extracurriculares, orientar projetos acadêmicos e acompanhar o progresso dos estudantes.

Uma estratégia eficaz nesse sentido é investir na formação continuada, proporcionando oportunidades de qualificação para professores. Essa abordagem fortalece não apenas o conhecimento e as habilidades dos educadores, mas também estimula sua motivação e engajamento, refletindo diretamente no desempenho dos alunos.

Ao promover a modernização da gestão pública educacional, o seu estado ou município investe no futuro dos estudantes e também de toda uma sociedade.

Saiba mais sobre o portal Educação Modelo, clicando aqui

Compartilhe nosso post :)